Raças de Mini Coelhos: Identifique-se!

Raças de Mini Coelhos

Holland Lop

A raça de mini coelhos de orelhas caídas HOLLAND LOP (LOP HOLANDÊS), foi criada na Holanda, por um criador chamado Adrian DeCock. Pelo seu porte e peso, é considerado um coelho anão

Existem na verdade várias raças de coelhos de orelhas caidas, que são apresentadas nas páginas deste site: English Lop, French Lop, German Lop e Holland Lop, alem do Minilop. O Minilop, embora o nome possa sugerir algo menor, é maior que o Holland Lop.

Sugerimos que o visitante veja as diferenças entre as raças apresentadas em Padrões das Raças, onde verá características semelhantes e diferentes entre eles

Alguns criadores da raça Holland Lop, acreditam ele resultou de cruzamentos entre Netherland Dwarf (Anão de Netherland), French Lop (Lop Francês) e English Lop (Lop Inglês).

Outros, acreditam que as tentativas iniciais de criar um Lop pequeno, iniciadas com o English Lop não deram certo e Adrian passou a tentar com o French Lop e o Netherland Dwarf, tendo obtido sucesso para um coelho com peso em torno dos 2 quilos, em 1955. Por volta de 1964, o padrão atingido já era de um coelho com menos de 2 quilos.

Em 1952, a raça já havia sido reconhecida pelo Conselho Holandês de criadores de coelhos. Em 1969-70 foi introduzido na Inglaterra. Seu peso já havia se estabilizado em torno dos 1,6 quilos. É considerado o Lop miniatura, junto com o Lionhead Lop, raça ainda em desenvolvimento,  que tem peso equivalente.

Esta raça foi introduzida nos E.U.A. em 1976, tendo sido reconhecida pela a ARBA – AMERICAN RABBIT BREEDERS´ASSOCIATION, apenas em 1980.

É um animal muito dócil, amigável, alegre e inteligente. São encontrados em uma variada gama de cores, sólidas, sombreadas, bicolores e até tricolores.

Minilop

A raça de coelhos de orelhas caídas, chamada Minilop, teria surgido nos Estados Unidos, embora essa afirmativa seja controvertida, em decorrência de outros relatos que tentam explicar a sua origem. No Brasil, erroneamente, chamam de Minilop, todos os coelhos com orelhas caidas.

Existem na verdade várias raças de coelhos de orelhas caidas, que são apresentadas nas páginas deste site: English Lop, French Lop, German Lop e Holland Lop, alem do Minilop. O Minilop, embora o nome possa sugerir algo menor, é maior que o Holland Lop.

Sugerimos que o visitante veja as diferenças entre as raças apresentadas em Padrões das Raças, onde verá características semelhantes e diferentes entre eles.

O Minilop é muito parecido com o French Lop, German Lop e Holland Lop. O que o diferencia dos demais é o tamanho. É maior que o Holland Lop e menor que o French Lop e um pouco menor que o German Lop

Acredita-se que tenha surgido de cruzamentos, nos quais o German Lop e o French Lop  tenham contribuido para o seu desenvolvimento, como foi  o caso do Holland Lop, este considerado um coelho anão.

Relatos afirmam o seu surgimento na Alemanha, a partir do cruzamento do  German Lop com os coelhos chinchila. Seus criadores buscaram reduzir o tamanho e peso em relação ao German Lop, que era em torno de 3,6 quilos. Hoje o padrão da raça é em torno de 2,5 quilos.

A raça foi reconhecida pela ARBA – AMERICAN RABBIT BREEDERS´ASSOCIATION. Em 1974.

É um animal muito dócil, amigável, alegre e inteligente. São encontrados em uma variada gama de cores, sólidas, sombreadas, bicolores e até tricolores.

Lionhead (Mini Leão)

A história do surgimento da raça de mini coelhos Lionhead (Mini Leões com juba), é controvertida.

Existem pelo menos três hipóteses relatadas, mas a versão mais aceita, por ser mais consistente, é de que surgiram em uma criação de Angorás anões, de criadores europeus, onde ocorreu uma mutação que reduzia os pelos da parte superior dos coelhos. Esse gene foi, acidentalmente, espalhado entre angorás anões.

A mutação fez surgir uma nova raça de coelhos anões com jubas. É considerada a principal mutação em coelhos, ocorrida desde 1900. Tornou-se extremamente popular, e já é uma das raças mais criadas no mundo.

São coelhos extremamente dóceis, amigáveis e inteligentes. Como resultado de cruzamentos com outras raças anãs, ocorreu a multiplicação das cores, que não param de aumentar. Seu peso médio é em torno de 1,2 a 1,6 quilos. São tanto mais valorizados quanto menor o seu porte.

A Associação de criadores da Inglaterra reconheceu a nova raça em 2002. Apenas na convenção da ARBA – AMERICAN RABBIT BREEDERS´ASSOCIATION de 2004 foi apresentada como uma nova raça nos E.U.A., quando foram oficializadas apenas 5 cores.

Cruzamentos com Jersey Wooly, Mini Rex, Polish, Britania Petite, Hermelim, Netherland Dwarf, Dutch, e outros, contribuíram para multiplicar cores e características, que fizeram com que a ARBA reconheça, hoje, cerca de 60 cores. Sólidas, sombreadas, bicolores e até tricolores.

English Angorá

Os coelhos angorás são encontrados em três raças básicas: ENGLISH ANGORÁ (INGLÊS), FRENCH ANGORÁ (FRANCÊS) e GERMAN ANGORÁ (ALEMÃO), cada uma com algumas características que distinguem as raças entre si. Mais recentemente, criadores estão desenvolvendo angorás anões.

A parte mais significativa da criação destas raças é para a produção de lã, utilizadas na fabricação de linhas, para produção de meias, blusas de frio, etc. As famosas blusas de lá de cashemere, são produzidas com lã de coelhos angorá.

O ENGLISH ANGORÁ é derivado do FRENCH ANGORÁ, e tem agora características diferentes de seu antepassado.  É encontrado, desde uma imensa bola de pelos, até com formatos exóticos, com imensas orelhas peludas, que caem para frente. Alguns têm tanto pelo que só se vê o nariz. Outros,  tem cara de macaco e a pelagem incrivelmente densa, e são encontrados em variadas cores.

Alem de excelentes produtores de lã, são dóceis e inteligentes. Também podem ser criados como animais de companhia para adultos e crianças. Exigem cuidados semanais de pentear os pelos, para evitar o seu embaraçamento e manter a beleza da pelagem. Adoram ser penteados.

Apenas em 1944, a ARBA – AMERICAN RABBIT BREEDERS´ASSOCIATION, reconheceu o Francês e o Inglês como raças distintas. Seu peso médio é em torno de 3 quilos.

Nos E.U.A., existem centenas de sociedades e clubes de criadores de coelhos angorá, das três raças e têm seus concursos, regionais e o nacional, anualmente, para escolha dos melhores espécimes da raça, em termos de porte e beleza, sendo premiados os criadores campeões.


Holland Lop

Menor do que a raça “mini-lop”, o corpo é robusto, com pelo curto e denso e suas orelhas são caídas.


Fuzzy Lop

Com orelhas caídas e pelo longo, pode ser encontrado em várias cores.


Lion-head

Também conhecido como Mini-Lion, de orelhas curtas e eretas e várias cores disponíveis. Sua pelagem é única (longa em volta da cabeça e na “saia”, perto da cauda).

Mini Lop
A raça de coelhos de orelhas caídas, chamada Mini lop, Tem cores variadas! Seu peso varia de 1,5 á 2,5 kg, diferente dos holland lop suas orelhas são maiores assim como seu peso.


Mini-Holandês

Com pelo curto e orelhas eretas, pode ter cor única, mas o padrão bicolor caracteriza a raça: metade do corpo branco, metade de outra cor (caramelo, preto, chocolate…).

Mini Angorá
Animais de rara beleza e tiveram sua origem a partir do English e French angorás, seu pelo deve ser escovado 2 a 3 vazes por semana,pois seu pelo é denso e sedoso seu peso varia por volta de 1,5 kg


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: